Posts Tagged ‘Brookfield Incorporações

15
ago
09

Resultados do segundo trimestre de 2009: parte 2

– A Brookfield Incorporações (Bovespa: BISA3), atual denominação da incorporadora integrada Brascan Residential Properties obteve lucro líquido de R$ 80,1 milhões no segundo trimestre de 2009, crescimento de 126,3% em relação ao mesmo período do ano passado. No primeiro semestre do ano, o lucro líquido da Companhia somou R$ 95,3 milhões, avanço de 20,1% ante os seis primeiros meses de 2008. A receita líquida da companhia somou R$ 531,7 milhões entre abril e junho de 2009, valor 75,4% acima do apurado no segundo trimestre do ano passado. No acumulado do primeiro semestre, a receita líquida atingiu R$ 787,9 milhões, volume 48,2% maior ante o mesmo período de 2008. O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 127,3 milhões no segundo trimestre, avanço de 84% na comparação com o valor registrado no mesmo período de 2008. A margem EBITDA de 23,9% no período representa um crescimento de 1,1 ponto percentual em relação à margem do segundo trimestre do ano passado.

– A Fertilizantes Heringer SA (Bovespa: FHER3), que está entre as três maiores empresas de fertilizantes do Brasil, atingiu lucro líquido de R$ 60,1 milhões no segundo trimestre de 2009. Nos seis primeiros meses do ano, o lucro líquido somou R$ 64,9 milhões. A receita líquida da Heringer no segundo trimestre totalizou R$ 582,3 milhões, enquanto as entregas somaram 627,4 mil toneladas no período. No semestre, a receita líquida foi de R$ 1,222 bilhão e as entregas atingiram 1,299 milhão de toneladas. Já o volume de vendas dos produtos especiais cresceu 12,9% de abril a junho e 9,7% nos seis primeiros meses do ano. A participação desses produtos nas vendas totais da companhia no segundo trimestre e no primeiro semestre representou 31% e 26%, respectivamente. A companhia registrou ainda um incremento de 21,9% na base de clientes entre abril e junho de 2009. Nos últimos 12 meses, a base de clientes totalizou 38,7 mil, contribuindo para o crescimento da participação de mercado.

 – A Grendene (BOVESPA:GRND3) cresceu 23,9 % em receita líquida, com elevação em todas as margens e geração de caixa nas suas atividades operacionais de R$ 269,5 milhões, aumentando seu saldo de caixa para R$ 996,2 milhões no primeiro semestre de 2009. De acordo com sua nova política, a Companhia efetua a 2ª antecipação de dividendos no valor de R$ 30 milhões. No 2º trimestre de 2009, o volume produzido cresceu 25,4%, com preços unitários 3,3% maiores. Devido ao período de sazonalidade, as exportações foram menores no 2º trimestre do que as registradas no 1º trimestre de 2009, e o fator câmbio teve menor influência nas margens. A Grendene encerra o 1º semestre de 2009 com a venda de 67,9 milhões de pares, crescimento de 4,7% frente a igual período de 2008. Com volume maior e preços unitários 14,8% maiores que igual período de 2008, a Grendene obtêm margem bruta de 41,0% e margem líquida de 19,2% no 1º semestre de 2009. As metas já divulgadas para o período 2009/2013 estão mantidas: crescimento da receita bruta a uma taxa composta média (CAGR) entre 8% e 12% e, também, aumento do Lucro Líquido a uma taxa composta média (CAGR) entre 12 % e 15% para os próximos cinco anos. A Grendene tem o objetivo manter, durante este período, as despesas de propaganda e publicidade, em média, entre 8% e 10% da Receita Líquida.

 – A Wilson, Sons (BMF&Bovespa: “WSON11”), que por meio de suas subsidiárias no Brasil é uma das maiores operadoras integradas de logística portuária e marítima no mercado brasileiro, registrou lucro líquido de US$ 33,1 milhões no segundo trimestre de 2009, valor 29,1% superior ao apurado no mesmo trimestre de 2008. Nos primeiros seis meses de 2009, o lucro líquido somou US$ 49,2 milhões e o EBITDA US$ 67,3 milhões, um avanço de 26,9% e 27,9%, respectivamente, na comparação com igual intervalo do ano anterior.  Sólidos resultados no segmento de offshore e crescimento nas operações do terminal Brasco, ambos favorecidos pela demanda do setor de petróleo e gás, somados à recuperação do volume movimentado nos terminais de contêineres e ao aumento das operações especiais no segmento de rebocagem, foram fatores que contribuíram para o desempenho positivo da companhia neste trimestre. Outro indicador positivo, o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 16,5% no segundo trimestre e somou US$ 36,1 milhões. Foi o terceiro trimestre consecutivo de crescimento acima de 10% no EBITDA consolidado da companhia, em relação à igual período do ano anterior.

SLC Agrícola SA (Bovespa: SLCE3), uma das maiores proprietárias de terras do Brasil e uma das maiores produtoras agrícolas brasileiras em termos de área cultivada de algodão, soja e milho, registrou crescimento de 17,4% no lucro bruto do primeiro semestre de 2009, que alcançou R$ 76,7 milhões. Outro destaque do período foi a receita líquida, que subiu 90,8% nos primeiros seis meses deste ano em relação ao mesmo período de 2008, alcançando R$ 311,4 milhões. No segundo trimestre, a receita líquida da companhia foi de R$ 146,7 milhões, o que representa um aumento de 75,6% em relação a igual período de 2008. O lucro bruto, por sua vez, totalizou R$ 1,6 milhões no intervalo entre março e junho deste ano.




Newsletter

Você quer receber as novidades do Blog Ezecutivos no seu e-mail? Então se cadastre enviando uma mensagem para: ezecutivos@gmail.com

Este espaço é seu!

Grandes empresas e consultorias em recursos humanos: divulguem aqui, gratuitamente, suas vagas para executivos. Entre em contato pelo e-mail: ezecutivos@gmail.com

Arquivo

Audiência

  • 66,475 acessos

Ezecutivos no Twitter

  • Multinacional busca engenheiro de operações logísticas para trabalhar em Minas Gerais. Salário R$ 17 mil: ezecutivos.wordpress.com 8 years ago